Ir para o conteúdo

Jurubeba Digital

Tela cheia Sugerir um artigo

Últimas Notícias

3 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - | No one following this article yet.

As setas NA CINBESA

6 de Janeiro de 2021, 13:35, por AntonioCarlosMeloSilva

Meu professor de Antropologia Digital na disciplina de Teoria dos Jogos utilizou a referida imagem na dinâmica das setas para que pudéssemos identificar nossas dificuldades nos desafios de nossas rotinas em determinados projetos. A dinâmica fundamentalmente nos alertava quando determinados caminhos de um projeto era fator decisivo identificar o direcionamento visando a decisão correta. 

É a analogia que solta nossos olhos para analisarmos a nova governança da CINBESA com muitas das setas que terao de identificar no habitat natural da empresa. Fazendo um aparte, ainda não confirmado, os outros cargos da diretoria serão todos preenchidos por dirigentes fora dos quadros de carreira da empresa. Serão setas que ajudarão ou dificultarão o longo ou curto percurso de BRUNO BATISTA?

Mas, na dinâmica da Teoria dos Jogos o barato era o meu professor identificando a força do conhecimento coletivo nos perfis de determinadas setas que no passo a passo nos direcionavam aos objetivos comuns - O Projeto Estratégico.

Sendo assim, com base no aprendizado mencionado vamos tentar exercer o foco do espírito coletivo objetivando ser colaborativo com a gestão da CINBESA.  Como dialogamos nos posts anteriores, argumentamos que na trajetória de resistência da CINBESA como empresa pública,  algumas das soluções tecnológicas da prefeitura são resultados de projetos compartilhados e desenvolvidos em fóruns democráticos participativos de Tecnologia da Informação e Comunicação.

O governo de NOVAS IDEIAS na chamada pre-campanha lançou a plataforma digital (ED50) de participação popular visando sistematizar no conjunto de propostas o eixo programático para governar Belém, discurso efusivo de inverter prioridades. Inserido no contexto da participação popular compartilhamos na plataforma digital ED50 várias propostas em nossa área de atuação, ou seja: tecnologia da informação e comunicação. 

Portanto, em continuidade ao diálogo resolvemos extrair o conteúdo das respectivas propostas e torná-las publicizadas. Aqui e agora abordaremos de forma corporativa o tema CINBESA.

 Propostas compartilhadas e extraídas da plataforma:

1-A CINBESA deve ser a unica gestora de Tecnologia de Informação e Comunicação do municipio. Para isso, deve a gestão da empresa e o executivo proporem prerrogativas institucional fundamentadas nos estatutos da companhia atualizando o referido dispositivo.

Justificativa: Os órgãos públicos da prefeitura ainda continuam adquirindo produtos de tecnologia sem consultar a CINBESA. Na maioria das situações adquirem soluções de prateleiras sem certificação e qualidade se comparado com os produtos desenvolvidos na empresa pública. É bom frisar que a proposta não tem o condão de engessar a governança da prefeitura, mas a velha cultura de somente lembrar da CINBESA para corrigir os bugs derivados das aquisições dos softwares de prateleiras não é condizente com gestão integrada e colaborativa.

2-É necessario rever as diretrizes e premissas de composição orçamentária da Empresa objetivando que se amplie a capacidade de investimentos, na perspectiva de proporcionar avanços na continuidade de organização empresarial e modernização da Empresa.

Justificativa: A CINBESA mantém um dos orçamentos mais diminuto do município, ou seja se exige muito de seu quadro funcional sem a devida valorização.  Ampliar o orçamento da empresa objetiva modernizar permanentemente seu mix tecnológico equcionando o gap existente, alem disso, valorizar e qualificar seus trabalhadores e trabalhadores priorizando a consecução de plataforma corporativa de formacao, tornar permanente o diálogo com as representacoes classistas através de sua Norma Coletiva De Trabalho, e, para isso, deve a nova gestão promover atualização do Plano de Cargos, Carreiras e Salários que se encontra obsoleto. Finalmente, é necessário que a CINBESA realize concurso público em função de já dispor de quantitativo razoavel de aposentados. A medida visa sempre manter a empresa repondo sua expertise em alinhamento com as diretrizes definidas para o atendimento ágil e de qualidade do cidadão Belenense.

3-Coordenado pela CINBESA será elaborado e implementado O Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação (PDTIC) do município visando diagnosticar, planejar, desenvolver projetos de TIC's, agregar valor à gestão de TIC's atendendo, compartilhando com as necessidades de todos os órgãos da prefeitura.

4- A prefeitura deve buscar articular direcionamento em política estrategica no sentido de construir CONSÓRCIO SOCIAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE BELÉM sob a coordenação e gestão da CINBESA. A medida visa oferecer ações colaborativas das TIC's levando -se em consideração necessidades de aquisições de infraestrutura tecnológica, desenvolvimento de projetos e/ou plataformas, onde o CONSÓRCIO será o responsavel pela sua implementação. As características e perfis do CONSÓRCIO deve priorizar em sua composicao, estrutura e desenvolvimento de plataformas relacionadas as boas praticas e expertises de entes públicos, organizacoes privadas, alem de setores da sociedade civil organizada. 

Em seguida, em novo diálogo publicizaremos a continuidade de outros conteúdos que compartilhamos na plataforma de governo ED50. A gestão da CINBESA de NOVAS IDÉIAS, nas propostas aqui tornadas públicas fiquem a vontade para se apropriaram no interesse de nossa cidade tão maltratada pelas quase duas décadas de dinastia tucana. 

Desktop 3045123 640



Muito Prazer senhor Super CINBESA

4 de Janeiro de 2021, 23:10, por AntonioCarlosMeloSilva

Img 20210104 wa0095

Cinbesa e o seu novo presidente Bruno Batista (Procurador Geral do municipio licenciado) devem ter sidos apresentados no primeiro dia útil do novo ano que se inicia. A comunidade belenense de tecnologia da informação, por enquanto, desconhece o projeto de TI do novo gestor indicado pelo núcleo político do prefeto Edmilson Rodriguês (PSOL).

Durante o período de pré-campanha o chamado projeto estratégico de governo foi tornado participativo para a militancia através de uma plataforma digital que se consolidou no simbolo de campanha ED50 - Governo popular de novas idéias. De nossa parte fizemos compartilhamento de algumas das propostas de tecnologia da informação, inclusão digital, software livre, e, propostas corporativas de TI para a Cinbesa.

Sendo assim, não temos conhecimento se o presidente que assume prospectou alguma proposta na plataforma digital de governo no ambiente de tecnologia da informação. Alem disso, Bruno Batista integrou a equipe de transição de governo, certamente deve ter participado de reunião com a gestora anterior (Joelma Gonçalves Fernandes - Analista de Sistema especialista em desenvolvimento de software), e, provavelmente, se apropriou da conjuntura atual da Cinbesa.

Portanto, o que espera minimamente a comunidade de TI belenense é conhecer e entender premissas, resultados, metas e projecões da gestão que está saindo, bem como qual a plataforma de transição que o novo gestor dentro do especro do GOVERNO DE NOVAS IDÉAS pretende agregar na missão institucional da Companhia De Tecnologia Da Informação.

Provavelmente, dirigir a Cinbesa seja desafiador ao procurador geral licenciado diante de um ambiente absolutamente desconhecido de seus manuais das ciêcias do direito. Efitavamente seria muita exigência de nossa parte inquirir o novo presidente sobre sua opinião entre software proprietário versus software de codigo aberto ou o que ele acha se os chineses da Huawei com o 5G pretendem via a vacina contra o coronavírus transmitir a ideologia comunista do partido chinês.

O novo presidente Bruno Batista pode ter certeza que como cidadão e militante compartilhamos na plataforma digital de governo alguns dos conteúdos em formato de propostas. Pelo espaço da blogoosfera estaremos dialogando e publicizando nossas proposições que alertamos não são invencionices, ao contrário, estão teorizadas em vários fóruns democráticos e participativos, onde destacamos o Setrial Nacional De Ciência, Tecnologia e Tenologia da Infrmação do Partido Dos Trabalhadores, além de conteúdos relacionados as comunidades de software livre. A conferir em nosso próximo diálogo.

 

 



BRUNO BATISTA NA CINBESA: O retorno dos paraquedistas?

4 de Janeiro de 2021, 9:23, por AntonioCarlosMeloSilva
 
Toda mudança do gestor municipal em Belém, trabalhadores e trabalhadoras da CINBESA aguardam as mudanças com as velhas preocupações de sempre. Qual seja: se o novo gestor ou gestora promoverá, finalmente, o desafio de conduzir a missão da empresa pública com o mesmo grau de interesse e respeitabilidade em valores equânimes dos demais órgãos públicos do município. A escolha do procurador geral municipal Bruno Batista para presidir a Companhia De Tecnologia Da Informação (CINBESA), com formação nas ciências do direito e sem nenhuma expertise na atividade fim da empresa, causou enorme frustração nos seguimentos de TI em nossa cidade.
CINBESA: É uma Empresa de Economia Mista criada pela Lei n° 7.217 (28/12/1982). Sob a governança de tecnologia integrada da CINBESA perpassam alguns dos sistemas estratégicos em tecnologia de Belém. Hoje, a missão institucional da CINBESA VISA agregar soluções de tecnologia da informação ao município como um todo. Não tem sido fácil implementar o referido projeto estratégico de grande provedor de soluções tecnológicas da prefeitura Belenense tendo reconhecimento da visão de longo prazo pelos prefeitos, sem exceção. Essa contradição política, inclusive, tem nascedouro desde os dois primeiros mandatos consecutivos (1997/2004) do atual prefeito Edmilson Rodrigues.
O PAPEL INSTITUCIONAL E TECNOLÓGICO: Um dos projetos de destaque e premiado da prefeitura de Belém reside no atual portal (www.belem.pa.gov.br), ferramenta inovadora desenvolvida e aperfeiçoada pelo quadro reduzido de abnegados trabalhadores e trabalhadoras da CINBESA. No entanto, alguns dos gargalos da companhia, no que pese a gestora que está saindo tenha conseguido minimizar o gap tecnológico da empresa, no que podemos citar a parceria da empresa na rede metropolitana de fibra ótica, consecução de soluções via certificação digital e a implementação de um moderno data-center, é correto afirmar que investir na modernização da empresa, ampliar o quadro funcional via concurso público, qualificação permanente na expertise da empresa, investimentos financeiros e insumos de tecnologia da informação calcados no projeto estratégico agregado na missão institucional da empresa, não pode mais ser tratado como componente de terceira categoria.
RESISTÊNCIA POLITICA E DE GOVERNANÇA: A CINBESA resistiu com a combinação de fatores importantes: Em primeiro lugar a qualificação de seu quadro laboral de trabalhadores e trabalhadoras abnegados; em segundo lugar pelo destemor de suas representações políticas onde destacamos a participação da Associação dos Empregados, o sindicato da categoria (SINDPDPa), a federação Nacional da categoria (Fenadados) e a CUT – Central Única Dos Trabalhadores e trabalhadoras.
Foi graças às lutas de resistência das representações se evitou que a CINBESA se transformasse numa autarquia, e, fosse incorporada numa tentativa de gambiarra que previa sua fusão com a CODEM. Foi também com o espírito de luta e resistência que se evitou a mudança do atual prédio da CINBESA e a demissão em massa de trabalhadores e trabalhadoras quando o prefeito Zenaldo Coutinho pretendia terceirizar o setor estratégico (desenvolvimento) da companhia, para isso as representações mobilizaram em junho2014, na Câmara Municipal De Belém através da comissão de ciência e tecnologia da Câmara audiência pública dirigida pelas vereadoras Marinor Brito (PSOL) e Sandra Batista (PCdoB).
As representações classistas foram protagonistas na organização de importantes fóruns democráticos e participativos de formulações de Informática pública, como: congressos da categoria, Fóruns internacionais de software livre, fórum amazônico de software livre, fórum paraense de informática organizado pela SUCESU (Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações), CONSEGI – Congresso Internacional de Governo Eletrônico e Sociedade. Destacamos o I FORUM DE INFORMATICA PUBLICA realizado no período de 25 à 27/06/2001, no Palácio Antônio Lemos quando se aprovou a CARTA ABERTA AO MUNICÍPIO DE BELEM. Ou seja, alguns dos resultados das soluções tecnológicas provenientes dos fóruns mencionados foram desenvolvidos, aperfeiçoados e implementados pela CINBESA. A expertise do quadro funcional, mesmo com os fantasmas de menosprezo pelos gestores do município, afirmamos que foram fundamentais para a resistência e concomitantemente sua manutenção como empresa pública,
As representações políticas que dialogam e organizam os trabalhadores e trabalhadoras da CINBESA reivindicam o know-how que podem ser expressados nos projetos advindos dos fóruns democráticos que agregam valor no atendimento ao Belenense. Neste sentido, a governança da CINBESA sempre foi motivo de preocupação quando na sua gestão havia incompatibilidade na condução de sua direção. Infelizmente há exemplos negativos. No segundo mandato da gestão Edmílson optou-se em retirar uma direção composta de funcionários de carreira da empresa para acumular o cargo de diretor presidente da CINBESA e CODEM - um cidadão especialista em Geodesia. No segundo mandato do prefeito Duciomar Costa optou-se pelo sobrinho do prefeito com ações de governança da companhia absolutamente equivocadas comprovadas em sua absoluta inaptidão para o cargo de direção.
Já os dois mandatos consecutivos do prefeito Zenaldo Coutinho a CINBESA conviveu com seus ciclos de oscilações entre reduzir a capacidade tecnologica com tentativas de terceirização de sistemas, mudança do prédio atual e dificultar diálogo com as representações sindicais na manutenção dos direitos trabalhistas. No entanto, a contradição é que os últimos gestores na direção da empresa o critério da formação e experiência de gestão em TI para ocupar o cargo macro da empresa, de certa forma, significaram alguns avanços nas plataformas dgitais atuais sob a responsabilidade da empresa, bloqueando de momento, as tentativas de descaracterizar a missão institucional da empresa.
Portanto, com reservas nos inclinamos a não vê com bons olhos a indicação para o cargo de Diretor-Presidente da CINBESA do procurador geral do município BRUNO BATISTA. O atual governo com o slogan de NOVAS IDÉIAS, a CINBESA não pode retornar ao ciclo de governança dos “paraquedistas” (bordão da categoria), tipo Everaldo Do Carmo Da Silva e Rick Wenderson De Costa Figueiredo. Ademais o escriba signatário do texto como trabalhador do setor público de TI, militante e ativista de tecnologia livres em alinhamento com as diversas resoluções de nossos fóruns democráticos e participativos de nossa categoria e comunidades de software livre, defendemos que as empresas públicas sejam dirigidas por funcionários de carreiras ou por profissionais do setor e/ou área de tecnologia da informação: seja do seguimento público ou privado.
Finalmente, BRUNO BATISTA para presidir a CINBESA chega na empresa com que proposta de projeto? Suas premissas de governança se baseiam em que plataforma? São questionamentos que não podem ficar sem as devidas respostas. Vida que segue.
 

Cinbesaparaquedista



TUCANOS OS MAIORES DERROTADOS

3 de Dezembro de 2020, 23:22, por AntonioCarlosMeloSilva - 0sem comentários ainda

Compartilhando a imagem do blog do Sávio Barbosa estamos encerrando a semana pós eleição com a vitória de ED50 para prefeitura de Belém. Foram homenageados como derrotados na ordem Wladimir Costa, Mauro Freitas, Edson Matoso, Eder Mauro e fechando a semana com chave de ouro - OS TUCANOS/PSDB

Os tucanos são os maiores derrotados na cidade de Belém. Em primeiro lugar não conseguiram em seu combalido ninho encontrar um candidato plausível para tentar recuperar a derrota sofrida para o governo do Estado, em 2018. Aliás, o candidato tucano foi Márcio Miranda do DEM.

Na eleição municipal fizeram opção pelo apoio ao candidato do CIDADANIA Thiago Araújo, o mesmo, não conseguiu atender todas as fichas depositada pelo clã tucano chefiado pelo ex-governador Simão Jatene e pelo ex-senador Flexa Ribeiro.

Derrotados no primeiro turno, no segundo turno os tucanos tentaram o último suspiro aportando na campanha do delegado bolsonarista de extrema direita Eguchi. Desespero foi tanto que na bagagem levaram até seu marketeiro preferido Orly Bezerra, mas a empreitada foi em vão o que deve afetar em demasia os negócios da Griffo Comunicação com a prefeitura.

Os tucanos saem da eleição chamuscados, sem rumo e sem identidade numa aventura que tinha prazo de validade - 29 de Novembro de 2020.

 

 

Tucanosimg 3687



EM HOMENAGEM AOS DERROTADOS

1 de Dezembro de 2020, 7:18, por Feed RSS do(a) AntonioCarlosMeloSilva

Dando continuidade as homenagens aos derrotados seguimos com:

Mauro Freitas (Tucano de alta plumagem), atual presidente da câmara de vereadores, infelizmente foi reeleito, se bandeou no segundo turno para campanha do delegado Eguchi, tem na sua testa a marca de ser um dos principais agentes em coordenar os milicianos digitais de fakenews, inclusive, no segundo turno a justiça o condenou a retirar suas MENTIRAS contra o candidato vitorioso ED50. Foi ele quem comandou a base do atual prefeito Zenaldo Coutinho(PSDB) o voto contra a climatização dos ônibus urbanos, é amante da velha política e o queridinho dos empresarios de ônibus em Belém. Perdeu!!!

 

 

Maurofreitas



tuíte pro jurubeba

jurubeba no twitter